Latentes Viagens

Este espaço é um experimento aberto, amplo, intuitivo e original. Liberto das amarras acadêmicas, sistêmicas e conceituais, sua atmosfera é rarefeita de ideias e ideais. Sua matéria prima é a vida, com seus problemas, desafios e dilemas. Toda angústia relacionada ao existir encontra aqui seu eco e referencial. BOA VIAGEM!


Já estive na Igreja sendo batizado,
na rua da lama com cachorros viciados,
com as vacas mugindo e trepando pelos pastos,
com gatos no cio passeando por telhados,
presenciei o prenúncio  da primavera,
visitei pela história os primitivos porões da guerra,
psicodélicas visões surrealistas da Terra,
já recitei poemas desvairados,
com seres iletrados, rendidos e ajoelhados,
já jurei em partes com dedos cruzados,
já menti diversas vezes por incredulidade,
já defendi a vida, Deus e os pobres mártires,
já manipulei por vários aspectos a realidade,
já fiz a minha e outras vontades,
já me privei de certos duelos e combates,
já fiz e desfiz várias amizades,
já misturei concreto e construí pequena parte da cidade,
já fiz poda e subi em árvores,
já colhi verduras, ervas e legumes,
já conversei com ets, gnomos e abutres,
já fui euforicamente festejado,
já fui fortemente odiado,
já fui expulso da Igreja e de bares por estar chapado,
já fui abandonado derrotado,
com a camisa suja e o corpo vomitado,
já fui sequestrado para usar drogas em lugares inusitados,
já pedi cigarro, parei de fumar pelo excesso de pigarro,
já fui grosseiro, estúpido e bizarro,
já estive com malucos de todos os tipos e espécies,
ouvi coro de lamentações, lamúrias e preces,
conjunto de  sistemas, dissertações e teses,
convivi com várias gerações,
já tive surto de reflexões,
em meio a legiões,
de desejos, vontades e alucinações, 
vampiros, poetas e proféticas visões,   
primazia do corpo em decomposição,
da mente em expansão,
uma nova visão,
novas faculdades,
numa nova idade, 
nível vibratório elevado,
já fui massacrado,
pela polícia, mulheres e o Estado,
já estive enjaulado, como um macaco,
sendo interrogado, pelado, dentro do distrito,
por homens encarregados,
de prender bandidos e defender o Estado, 
sou espirito errante, quiçá um traficante,
de ideias e pensamentos elevados, 
um pouco retardado,
biologicamente adulterado, 
com um chip implantado,
por seres invisíveis, alienígenas do espaço,  
estive em outros planetas, hemisférios, sistemas estelares,
conheço a solidão do deserto e a imensidão dos mares,
hoje respiro outros ares,
além da tristeza, 
a beleza dos pomares, 
salve salve Zumbi e a resistência de Palmares,  
já conversei com mortos, postes e paredes,
já dormi de bruço encima de uma rede,
já tive sede, já passei fome,
já dormi pelas ruas, pelas calçadas,
já fui expulso e querido em várias quebradas,
sei a minha área,
conheço meu limite,
amo a liberdade,
detesto o dedo em riste,
abomino a corrupção,
já fui perseguido pelo excesso de honestidade,
já fui admirado por defender sempre a verdade,
hoje sou eu mesmo aqui e em qualquer parte...

0 comentários:

Total de visualizações de página

GINO RIBAS MENEGHITTI

Admiro todas as pessoas que ousam pensar por si mesmas.

Blog Archive

Posts mais Lidos e Visualizados

Frases de Albert Einstein

A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original.

O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário.

A imaginação é mais importante que o conhecimento.

Se A é o sucesso, então A é igual a X mais Y mais Z. O trabalho é X; Y é o lazer; e Z é manter a boca fechada.

Follow by Email

Translate

Google+ Followers