latentes viagens

Este espaço é um experimento aberto, amplo, intuitivo e original. Liberto das amarras acadêmicas, sistêmicas e conceituais, sua atmosfera é rarefeita de ideias e ideais. Sua matéria prima é a vida, com seus problemas, desafios e dilemas. Toda angústia relacionada ao existir encontra aqui seu eco e referencial. BOA VIAGEM!

idêntica identidade identifico
consumido pelas ânsias,
intempéries dos tempos idos
a solidão oceânica dos pacíficos
a dimensão invisível dos conflitos
numa serena engrenagem cósmica
os cravos enfeitam as rosas
os dias que passam passivos
na cadência da noite ritmos
soluços, choros e gemidos
anjos, bestas e vampiros
demônios, algozes expiam
fábrica de débeis sacrifícios
a paz que nasce morta
a boca que fica torta
a mente que se glorifica
o pão que não se partilha
a poesia que não se recita
a prece que não vivifica
a tônica do intimo pesadelo
o fim de todo segredo
nada resta além de uma porta
na chave interna está a resposta
tudo muda de dentro pra fora
no limite da dor que sufoca
no peito que vazio chora
no alívio de uma profecia
se realiza o furor imediato
nada como o eterno
e o indecifrável
para dilatar o inevitável...

Curta suas férias, reveja sua vida, se abra para o mundo, conheça pessoas novas, visite novos lugares, faça uma coisa que você nunca fez e que gostaria muito de fazer, faça um trabalho voluntário, durma cedo, acorde tarde, ouça um cd que você nunca escutou, leia sobre um tema que você nunca cogitou, faça alongamentos, respire fundo, vista-se com roupas leves, velhas, daquelas em que nos sentimos c...onfortáveis, coloque o pé no chão, faça uma caminhada, vá num lugar alto, medite por alguns minutos, escute o silêncio, a resposta de muitas questões talvez resida justamente aí, talvez você não encontre quem você está procurando mas vai encontrar alguém que pode e deve te fazer muito feliz, você mesmo, felicidades, eu estou procurando na medida do possível fazer um pouquinho de cada coisa todos os dias e tenho impressionado com os resultados, não se leve tão a sério, a vida passa e a gente perde o principal que é reparar as belezas do caminho e as opções que se abrem, não se trata simplesmente de saber para onde estamos indo mas sim de saber o que e como estamos fazendo para chegar, eu quero me apaixonar novamente só que desta vez de uma forma profunda, por uma pessoa que eu rejeitei durante anos, eu mesmo, quero me aceitar e aceitar a vida como ela é e não da forma como eu gostaria que fosse, eu cansei de fazer só as minhas vontades, tenho necessidade de olhar para o lado, não é a cidade, não são as pessoas, sou eu que devo mudar, tenho tudo na natureza, o resgate da auto estima, a beleza da minha própria companhia, tento cuidar bem do meu veículo físico, o corpo é apenas reflexo dos meus padrões mentais, é o último espelho do meu ser a refletir como está minha vida interna, minhas emoções, meus desejos, meus conflitos, não me cobro, observo, seguro nas mãos de Deus, rezo, abro aleatoriamente a bíblia e na maioria das vezes encontro a resposta, medito na palavra, busco me aproximar da minha verdade, não tenho medo da minha escuridão, sinto que o meio dia se aproxima mas não tenho pressa, eu sei que uma hora as coisas vão melhorar, basta eu estar fazendo a minha parte, não me acomodando nas esferas da preguiça, da indolência, do pessimismo, eu me confronto a todo instante, e apenas um segundo que me lembro de quem sou realmente filho admito que sinto um lenitivo que nenhum homem e nada neste mundo pode me dar, eu confio em algo Maior do que Eu, só assim para poder viver imune aos anseios de fatores externos, não posso mais ser dirigido por forças estranhas aquilo que penso e desejo, quero partir com a sensação de ter feito pelo menos uma coisa útil e agradável aos meus próprios olhos, que um dia alguém que me conheceu a 24 horas atrás, possa olhar para mim e não me julgar por aquilo que fiz ou deixei de fazer, mas sim respeitar por saber que diante do que eu estive a passar ainda tenho forças para prosseguir, sorrir e amar, é isso...

Tudo passa: para o bem e para o mal, nada dura para sempre, mas uma coisa eu aprendi, valorizar quem me valoriza, não existe esta história de cara metade, existe sim cumplicidade e respeito, pessoas que se unem por afinidade, por uma química, uma magia e que se comprometem uma com a outra, é aquela velha frase, quem não aceita o meu pior não merece o meu melhor, em todos os sentidos a vida é incon...stante, nestes últimos dez anos por exemplo, trabalhei em sete cidades, morei em cinco, acabei de conhecer minha filha que hoje tem quatro anos, parei de usar drogas, sendo que usei por 18 anos, mais da metade da minha idade, voltei a morar com meus pais, surpreendentemente com a vida feita e com 31 anos de idade, a vida dá voltas, mas tudo em prol do nosso crescimento e do nosso discernimento, valorizar as coisas transitórias em excesso nos trazem um apego excessivo que gera insegurança e mal estar, canalizar nossas energias para as coisas que realmente gostamos de fazer, que sentimos prazer e bem estar é o segredo da existência, e a amizade ainda continua sendo o bem mais valioso e precioso deste mundo, as vezes temos a oportunidade de conhecer pessoas que por mais que gostaríamos de desfrutar mais tempo juntos sempre levarão consigo uma imagem positiva e agradável de nós, viver intensamente o momento é o que nos garante uma passagem cheia de experiências surpreendentes, carrego as pessoas, as imagens, as boas lembranças, assim me enriqueço de possibilidades de ajudar e ser ajudado, a vida é um mistério, e o segredo é seu encanto, por mais que possamos nos aproximar de sua essência, aquilo que desconhecemos sempre será maior do que aquilo que efetivamente sabemos, é maravilhoso poder viver e estar vivo, amar e ser amado, e principalmente mudar a rota quando as coisas não estão indo bem, trocar os óculos, a percepção, a vida realmente muda quando nos abrimos à mudança!!



a poesia se dissipa entre as trevas
a fantasia se alimenta de pó ou ervas
alguém ao longe sua dor contempla
também o monge seu pudor sustenta
eis o perigo, o sinal de alerta
tome cuidado ao seguir a seta
velocidade coração peito acelera
insanidade na cidade dilacera
alucinados vampiros em prol da guerra
olhos vendados para o sutil paraíso...
entre os despertos o segredo é compromisso
os transeuntes que passam despercebidos
anestesiados pelos vis automatismos
viciados que escutam o mesmo disco
a repetição obsessão pela fissura
mudam-se os quadros, permanece a moldura
homem de barro na orgânica postura
matéria inerte se diverte com a cura
entre ricos a miséria esculpida
entre pobres há riqueza escondida
vela em silêncio a tristeza ou a alegria
sentimentos imanentes a própria Vida.

Total de visualizações de página

GINO RIBAS MENEGHITTI

Escritor, Filósofo, Poeta, Ensaísta, Político, Rapper, Dependente Químico, Militante Ativo do PC do B, Técnico Administrativo do CEFET, Membro de Alcoólicos Anônimos, Narcóticos Anônimos e Grupo Levanta de Novo. Ministra Palestras Gratuitas sobre Dependência Química e assuntos relacionados a Política, Educação e Cultura em Geral. Áreas de Interesse: Filosofia, Literatura, Psicologia, Psicanálise, Sociologia, Cinema, Música, Biografias, Dependência Química, Estudo das Artes e Religiões.

Posts mais Lidos e Visualizados

Frases de Albert Einstein

A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original.

O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário.

A imaginação é mais importante que o conhecimento.

Se A é o sucesso, então A é igual a X mais Y mais Z. O trabalho é X; Y é o lazer; e Z é manter a boca fechada.

Follow by Email

Translate

Google+ Followers