latentes viagens

Este espaço é um experimento aberto, amplo, intuitivo e original. Liberto das amarras acadêmicas, sistêmicas e conceituais, sua atmosfera é rarefeita de ideias e ideais. Sua matéria prima é a vida, com seus problemas, desafios e dilemas. Toda angústia relacionada ao existir encontra aqui seu eco e referencial. BOA VIAGEM!

Em meio a uma eventual crise energética, política e econômica, assistimos inertes os comentários emitidos por uma mídia que prima por ocultar seus verdadeiros interesses e intenções. Desestabilizar o atual governo para precipitar o nome de um novo governante tornou-se a principal missão dos maiores órgãos e veículos de comunicação do país. Com a derrocada moral de um partido que não soube exercer o poder em prol dos interesses coletivos e principalmente, agir em função dos princípios e valores esposados pelo seu arcabouço ideológico, presenciamos a ruína dos ideais defendidos pelos partidos considerados de esquerda e o advento de uma "nova" classe de manifestantes, que clama desde uma suposta intervenção militar à queda dos princípios democráticos e constitucionais que garantem a legitimidade do mandato presidencial. É imperioso notar que em função do deslize e das falcatruas cometidas por alguns poucos membros, toda uma ideologia sofre o risco de naufragar esquecida no oceano das utopias. Por muitos anos presenciamos a supremacia e o domínio exercido por uma elite excludente que luta ferozmente pela manutenção e perpetuação de suas regalias e privilégios. Não está em seus planos elevar o nível de educação do povo brasileiro, visto a ignorância atender aos apelos de um mercado que clama desesperado por uma mão de obra barata e que se submeta passivamente aos ditames de uma classe opressora, autoritária e mordaz. Infelizmente, os grandes intelectuais da esquerda recuam acuados frente ao rugido de grupos unicamente interessados na proeminente defesa de seus próprios interesses. O trágico desfecho de mais um triste capítulo político de nossa história está sendo aguardado com certo grau de ansiedade e expectativa pela ala mais conservadora e rica do país. Por outro lado, é com extrema tristeza e pesar que podemos constatar a ausência de qualquer tipo de mudança e transformação nas leis trabalhistas, na reforma agrária,  política e educacional que poderiam e deveriam se alteradas visando atender os anseios de grande parcela da população que sofre devido a ausência de políticas públicas voltadas para a superação total e absoluta da pobreza e da miséria. É inadmissível, num país como o nosso, de dimensões continentais, existir qualquer tipo de problema relacionado a alimentação e moradia. Não basta difundir a cultura do esmola família é preciso repensar e criar meios e formas de dividir e ampliar a renda dos menos favorecidos. Estamos falando de direito a terra, a propriedade privada, de escolas públicas de alta qualidade e nível. Enquanto nossos governantes não tiverem como prioridade a educação e a divisão de terras, infelizmente nosso povo padecerá nas garras da desigualdade e da mais absurda miséria.                              

a vida
diluída
no tempo
se esvai

desejos
são ecos
do corpo

vivo
na presença
do espírito

as coisas
que não
conheço,

são as que
mais me
sufocam

tenho pressa,
respiro o infinito
alimento ritos
destinos  e desatinos

aceito a
rítmica
cadência
das auroras

renasço em seu
sonho vertical

nada tenho
além das 
palavras

do gozo
metafísico
dos gestos

minha alma
anseia o silêncio
pleno de comunhão

me contento
com os restos
as sobras

meu ser
espirito
obsoleto

adormeço
engolido
por jornais

somente
o joelho
se dobra

nunca
a minha
razão

já estive
em algum
lugar
que hoje
desconheço

mas ainda sinto
os efeitos
de sua saudade 

esboço um sorriso
revisto o disfarce
renovo pensamentos
enfeito a vaidade
um ar de desprezo
compõe o personagem
visualizo segredos
oculto identidades
cansado de intrigas
cortejo a sinceridade
observo em silêncio
os restos da humanidade
além de todos os traumas
nostalgia traz saudade
no espelho da alma
o reflexo da vontade
o fogo do espirito
forja ferindo a carne
ouço a voz do tempo
lamento da eternidade
não basta ter fé
é preciso coragem
aceitar o que se é
olhar com honestidade
não foque o mensageiro
mas o teor da mensagem
quando menos se espera
se revela a verdade 

Total de visualizações de página

GINO RIBAS MENEGHITTI

Escritor, Filósofo, Poeta, Ensaísta, Político, Rapper, Dependente Químico, Militante Ativo do PC do B, Técnico Administrativo do CEFET, Membro de Alcoólicos Anônimos, Narcóticos Anônimos e Grupo Levanta de Novo. Ministra Palestras Gratuitas sobre Dependência Química e assuntos relacionados a Política, Educação e Cultura em Geral. Áreas de Interesse: Filosofia, Literatura, Psicologia, Psicanálise, Sociologia, Cinema, Música, Biografias, Dependência Química, Estudo das Artes e Religiões.

Posts mais Lidos e Visualizados

Frases de Albert Einstein

A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original.

O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário.

A imaginação é mais importante que o conhecimento.

Se A é o sucesso, então A é igual a X mais Y mais Z. O trabalho é X; Y é o lazer; e Z é manter a boca fechada.

Follow by Email

Translate

Google+ Followers