latentes viagens

Este espaço é um experimento aberto, amplo, intuitivo e original. Liberto das amarras acadêmicas, sistêmicas e conceituais, sua atmosfera é rarefeita de ideias e ideais. Sua matéria prima é a vida, com seus problemas, desafios e dilemas. Toda angústia relacionada ao existir encontra aqui seu eco e referencial. BOA VIAGEM!



Com certeza uma das maiores vozes e ícones da música popular brasileira. A título de curiosidade e para quem tiver interesse em se aprofundar na vida e obra deste grande músico, indico a obra "Vale Tudo", biografia escrita por Nelson Motta. "O gordinho mais simpático da tijuca" conviveu, desde a infância, com grandes nomes, entre eles Erasmo Carlos e Jorge Ben. Seu primeiro conjunto musical, "The Sputnicks", contava com a presença de Roberto Carlos. Não por acaso, depois de ter sido convidado a se retirar dos Estados Unidos por porte de drogas e prática de pequenos delitos, a gravação da música "Não vou ficar" pelo rei foi essencial para impulsionar sua carreira e lançar seu nome no cenário musical brasileiro. Além de ter sido um dos pioneiros na inserção do "soul" no Brasil, Tim Maia se distingue pelo talento, timbre e polêmicas, mas também pelo seu humor e temperamento. Afeito ao discurso claro, objetivo e direto, não tinha meias palavras, sempre dizendo e agindo de acordo com aquilo que acreditava. Entre inúmeros episódios, podemos citar a vez em que abandonou o palco do programa do Chacrinha. Para convencê-lo a voltar, o velho guerreiro apelou para a única pessoa que ele ouvia sem contestar: sua mãe. Fundou sua própria gravadora, a Vitória Régia Discos (primeiramente batizada de Seroma devido as iniciais de seu nome Sebastião Rodrigues Maia e onde se lê a palavra "amores" ao contrário) "a única que paga aos sábados, domingos, feriados depois das 21 horas!", como bem gostava de frisar. Colecionou inúmeros processos pela sua recorrente ausência nos shows mas sua vida particular desregrada em nada interfere na incontestável genialidade de sua obra.

0 comentários:

Total de visualizações de página

GINO RIBAS MENEGHITTI

Escritor, Filósofo, Poeta, Ensaísta, Político, Rapper, Dependente Químico, Militante Ativo do PC do B, Técnico Administrativo do CEFET, Membro de Alcoólicos Anônimos, Narcóticos Anônimos e Grupo Levanta de Novo. Ministra Palestras Gratuitas sobre Dependência Química e assuntos relacionados a Política, Educação e Cultura em Geral. Áreas de Interesse: Filosofia, Literatura, Psicologia, Psicanálise, Sociologia, Cinema, Música, Biografias, Dependência Química, Estudo das Artes e Religiões.

Blog Archive

Posts mais Lidos e Visualizados

Frases de Albert Einstein

A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original.

O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário.

A imaginação é mais importante que o conhecimento.

Se A é o sucesso, então A é igual a X mais Y mais Z. O trabalho é X; Y é o lazer; e Z é manter a boca fechada.

Follow by Email

Translate

Google+ Followers