Latentes Viagens

Este espaço é um experimento aberto, amplo, intuitivo e original. Liberto das amarras acadêmicas, sistêmicas e conceituais, sua atmosfera é rarefeita de ideias e ideais. Sua matéria prima é a vida, com seus problemas, desafios e dilemas. Toda angústia relacionada ao existir encontra aqui seu eco e referencial. BOA VIAGEM!

bem vindo ao terror
sua face militarista
protesto ditatorial
seu nome está na lista 


mais um comunista
pela elite odiado
se recusam a repartir
o seu pasto com o gado 


muito obrigado
por ter me alertado
o aviso de perigo
já foi lido com cuidado 


malandro ou otário
sendo manipulado
privatizam discursos
pelo poder monetário 


dissemina o desespero
instrumento autoritário
legitimando governos
com critério arbitrário


qual o valor do seu salário
viver a vida sem glória
lembra daquele pouco caso
com o professor de história


que convidava a leitura
de um capítulo mal contado
desde do tal descobrimento
ao fim do trabalho escravo


tudo parece se repetir
num grande ciclo vicioso
quem é das humanas sabe
o quão pensar é perigoso 


pensa que tô desgostoso
discurso de ressentido
vai procurar na bomba
o preço do óleo diesel


que amanhã na tabela
será altamente tarifado
petrobras sendo vendida
por um quilo de quiabo

 


Posso não ser o melhor namorado do mundo, mas vou sempre me esforçar para sê-lo


Dei sorte por ter
Me apaixonado
profundamente
Por uma mulher
Idealista, feminista
e independente,
Sobretudo bela,
gostosa e atraente
Além de charmosa,
elegante e inteligente
Mal humorada,
teimosa e exigente
O segredo da receita
é não faltar ingrediente!

Te amo!

a todos os segundos 
seguimos sendo provados 
do mais tolo pensamento
ao mais profano dos atos 

chamado ao testemunho
recebi meu testamento 
os presentes são de Deus
mas entregues pelo tempo 

ação e movimento 
a título de coragem
não questione quem morreu
segue o andar da carruagem

tente focar na mensagem
ignorando o mensageiro
nem sempre o melhor hotel
possui o maior letreiro 

no momento derradeiro 
ninguém estará ao lado
pois a passagem é estreita
e o percurso solitário 

como bois sendo guiados
subestimam inteligência
loucos confundem os sábios
que julgam pela aparência

reconheço nossa essência
sutil, etérea e elevada
enquanto o corpo se entreva
a alma se torna mais clara

enquanto estou dormindo
o inimigo está acordado
fazendo mil flexões
incansável do meu lado


conhece bem meu quadro
minha geografia mental
ama abalar meu estado
psíquico emocional 


tenta gerar intrigas
e até desconfiança
para separar casais
e futuras alianças


é o pai da mentira
amante da maldade
se comparou a Deus
se perdeu na vaidade


tem que ser conhecido
e até mesmo divulgado
pois o seu maior trunfo
é agir sem ser notado 


quando desacreditado
age com mais liberdade
pois sua maior vantagem
é ocultar sua identidade


tem meu ser mapeado
todas minhas fraquezas
mas sabe muito bem
que Deus é a fortaleza


tenho apenas uma certeza
não tente subestimá-lo
nem se esquive de seus erros
na tentativa de culpá-lo


tentará condená-lo
pela voz da consciência
poderá ser aliado
se entender sua ciência


desde do meu despertar
até o findar do dia
paciente espera a brecha
para entrar em sintonia


a mente humana é uma usina
de energia inestimável
emitimos e recebemos
os sentimentos gerados 


procure se conhecer
no seu intimo mergulhar
talvez irá se surpreender
com o que irá encontrar


não tente evitar
o encontro consigo mesmo
para ninguém é fácil
se olhar no próprio espelho


busque a sabedoria
convide a serenidade
mas nunca duvide
que esta vida é de verdade


se sentir muito triste
mentalize alegria
com esta simples fórmula
transformará seu dia


a vida é algo simples
pra pessoas complicadas
que sempre exigem muito
mas não doam quase nada


ainda estamos engatinhando
nestas questões do espírito
os que julgamos mortos
talvez estejam mais vivos

como escrever sobre algo 
que no peito eu não sinto 
poderei mentir pro outro
pra mim mesmo não consigo

sei o quanto é difícil
no mundo ser verdadeiro
mais fácil utilizar máscaras
do que se mostrar inteiro

que folheiem minha vida
se sintam bem a vontade
emitam qualquer juízo
ninguém define minha verdade

não sei ser pela metade 
nem falar meia verdade
ser for para agir direito
que seja com honestidade

sem essa de santidade
por busca de aprovação
pois Deus conhece bem
os desejos do coração

liberdade na oração
sou fiel no testemunho
sem o auxílio do céu
não fico de pé no mundo 

se não fosse minha fé
pequenino grão de mostarda
minha vida já estaria
com certeza arruinada

sofri tantos ataques
incessantes do inimigo
questionava sempre a Deus
será que eu consigo?

sozinho é impossível
necessário intervenção
fiz meu pedido de ajuda
minha primeira internação

em regime fechado
onze meses recolhido
meditei sobre meus erros
e os caminhos escolhidos

refleti sobre minha vida
sob a pior circunstância
depois de ter tudo perdido
me rendi a esperança

tive que admitir 
perante outro ser humano
minha perda de controle
e o quanto era insano

sofri muitos danos
enumerei várias perdas
mas nunca desisti
resisti com braveza

se sou filho de Deus
nasci para o combate
bem vindo a minha guerra
minha vida é meu embate

quem nunca se debateu
ou sequer se questionou
sobre o porquê da vida
do sofrimento e da dor?

sou muito grato a Deus
por não ter me poupado
do meu fundo de poço 
do meu decadente estado

ao nível animal
pelo vício reduzido
foi aí que percebi
o verdadeiro sentido

nada nesta vida 
ocorre por acaso
tudo tem um motivo
previsto e determinado

pode até duvidar
e achar que é loucura
mas repare nos sinais
na surpresa das curvas

sem nenhum preconceito
crença, dogma ou doutrina
se possível apenas sinta
o fluir da pura energia

verdadeira magia
ocorre de forma constante 
quando ouvimos o silêncio
e sentimos o instante 

mais que livros na estante
busque por sabedoria
atravesse o olhar do outro
e o seu próprio ser ilumina

pensamento contagia 
influencia e determina
a pessoa que somos
e que seremos um dia

se teremos uma vida 
expandida ou limitada
tudo depende da ótica
da perspectiva adotada

Em busca do raciocínio
ou só da sonoridade?
preocupado com a fama
ou em levar a mensagem?

qual é a sua viagem
e como ela é realizada
com trajetos e passagens
ou com a seda apertada?

você vive mais de sonhos
ou de acontecimentos?
se preocupa com o futuro
ou em viver cada momento?

bagagem de conhecimento
ou mala de marca na mão
responda para si mesmo
qual é sua ostentação

a vida oferece opções
e toda escolha é arriscada
todas trazem consequências
da melhor à mal calculada

todo instante uma cilada
armada pelo pensamento
quem nunca se deu conta 
que o inimigo mora dentro 

por isso não me arrependo
de nenhum erro cometido
pois cada momento falho
foi um ensino apreendido

se quiser uma lição de vida
aproveite lhe dou de graça
saia da zona de conforto
abrace sua guerra com raça 

engole o choro e a pirraça
tenha postura destemida
muitos irão lhe julgar
poucos mudarão sua vida

de que adianta ser aceito
aplaudido pela sociedade
se dentro de si mesmo
desconhece a liberdade

o amor pela verdade
realmente nos liberta
o corpo fica fechado
e a mente sempre aberta

Seria um surto da loucura
ou um grito da histeria
viver de olhos fechados
vidrados numa tela fria

movidos por euforia
servos da insanidade
são reféns da hipocrisia
se alimentam da maldade

teleguiando rotinas
manipulando os rastros
jaulas são feitas de vidro
e os sonhos são de aço

a morte comprada em maço
enriquece só gente fina 
me diz qual a diferença
entre a cachaça e a cocaína

quem lucra com a bebida
vendida no bar da esquina
será o senhor que vende
ou a indústria que fabrica

a sentença de quem trafica
uma buchinha ou papelote
é muito mais condenável
dos que recebem em malote

confundem boi com garrote
a massa aceita e silencia
querem combater violência
com mais sangue e chacina 

até o céu se negocia
vendem-se lotes profanados
brincam com a fé do povo
nem o sagrado é poupado

mais um dia se inicia
um rito de celebração
obrigado pela vida 
pelo poder do perdão

o que seria de mim
se não estivesse ao lado
ouvindo atentamente 
meus lamentos e fracassos

a Ti te rendo a vida 
entrego os meus valores
confio sem medo
a vida dos meus amores

na vida somos atores
encenando atuações
mas no dia do chamado
cobrado pelas ações 

quais são as situações
que mais te pertuba
o medo de morrer 
ou de se perder na rua

entre tantas regras
e normas estipuladas
a busca pelo saber 
nossa principal arma

quando sofremos ataques
permanentes do inimigo
é hora de recuar
e recorrer ao abrigo

pois Tu és o meu amigo
em Ti encontro refúgio
nos momentos mais difíceis
em que me sinto confuso 

me sinto um intruso
na hora de meditar 
meu orgulho me diz
para nunca importunar

mas como não procurar
um contato consciente
quem controla nossa vidas
nossos atos, nossa mente? 

como agradar o mundo
e esquecer de quem nos criou
que nos deu o dom da vida
e nos guia pelo amor 

36 anos de estrada
quantas milhas percorridas
quantas oportunidades
aproveitadas e perdidas

já refiz a minha vida
rumo a nova caminhada
mantendo a mente aberta
subo um degrau da escada

infinita é a jornada
misterioso percurso
navego o rio do espírito
procuro seguir seu curso 

invisível é seu trabalho
pois Deus ama se ocultar
mas se revela aos humildes
que lhe dirigem seu olhar

pode até duvidar
ou enxergar com clareza
mas onde não há amor
também não existe riqueza

está é minha certeza
compartilhada por sábios
se tu queres ser feliz
repare nos próprios atos

porque destilar veneno
ou viver na demagogia
se Deus sonda nossos passos
e controla nossas vidas?

sou filho do cangaço
herdeiro de lampião
conheci maria bonita
guerreando no sertão

esta é a minha terra
meu povo sacrificado
adormece esquecido
nas calçadas do descaso

o crime é organizado
e se veste de paletó 
está presente no senado
nos aviões cheios de pó 

político aqui não tem dó
nunca viveu na penumbra
desconhece a pobreza
a miséria que vem da rua 

realidade nua e crua 
sem nenhuma maquiagem
sei que adoram criticar
dizer que rap não é arte

precisam de uma roupagem
mais fina e sofisticada
para ser considerada 
uma cultura elevada

aqui é som de quebrada
do gueto vem desespero
o silêncio é rompido
com gritos e tiroteio

o estado sobe de farda
não leva livros na mão
mas desce com cadáveres
comemorando a missão

depois quer cobrar do povo
um pouco mais de educação
mas se esquece de fornecer
através do exemplo a lição  

sem essa de erudição
de referência bibliográfica
não venha com citação
para justificar desgraça

por aqui quem trapaça
nem sequer mais disfarça
o honesto paga o preço
pro esperto viver de graça

maldita humana raça
de homens destituídos
desde do amor ao próximo
aos valores e princípios 

foi assim desde do início
nas pirâmides do Egito
os faraós escravizavam
e o povo era submisso

mais um dia se inicia
presente da caminhada 
pedido atendido
oportunidade dada

não reclame de nada
valorize suas horas 
o tempo é precioso
e nunca mais retorna

coitado de quem explora
o irmão sem limite
a razão do dia feliz
pode ser um dia triste  

quem está do seu lado
precisando de um ouvido 
abra as portas da alma
dê de cara um sorriso 

olhe dentro dos olhos
contemple outra verdade 
saindo de si mesmo 
encontre a sua metade

a vida é de verdade
pra quem nela acredita
a alma é eterna
e com Deus não se brinca

se existem certas leis
é para serem respeitadas
muitas serão cumpridas
outras serão quebradas

ninguém leva nada
além de sua própria história
por isso se enriqueça
com as mais belas memórias

seu sucesso pessoal 
incomoda o meu fracasso
não invejo o que tem
mas sim o sorriso fácil

muitos querem os frutos
mas sem trabalho árduo
é impossível colher 
se não tiver plantado

vagabundo é mato
só vê um lado da história 
não contabiliza as perdas
mas visa nossa vitória

meus dias de glória
por Deus foram contados
também honro o sacrifício
para no fim ser lembrado 

quem me vê na foto
de rolê tomando brisa 
se esquece que fui fênix
renasci das cinzas  

um dia me deparei
com a dura realidade
foi quando despertei
acordei para a verdade

é necessário humildade
para admitir os erros 
e não se engrandecer 
nem diante dos acertos

bem vindo ao recomeço
de uma longa e bela estrada 
se prepare com cautela 
estratégia da caminhada


A intervenção militar no Rio de Janeiro nada mais é do que a constatação da ineficácia do estado e do sistema em assumir e executar suas funções. E quais seriam elas? Proporcionar o mínimo de dignidade a todos os cidadãos, sem exceção. O uso da força e do exército como paliativo para combater e reprimir a violência é válido, desde que o Estado esteja ciente de que esta não é, e nunca será, a melhor resposta aos problemas brasileiros, principalmente dos moradores das comunidades mais carentes que, além de serem obrigados a conviverem com as leis do crime organizado, não são contemplados nos seus direitos e necessidades básicos: do saneamento à saúde, da segurança à educação, do lazer ao esporte. Não se trata de defender bandidos, como bem gostam de apregoar os mais fanáticos e extremistas mas sim uma tentativa de buscar respostas para um quadro complexo, urgente e dramático. A violência é efeito e não causa. Não podemos nos esquecer, que durante anos, o povo da periferia foi, e ainda hoje é, relegado ao descaso e aos desprezo por nossas "autoridades". São vistos como escravos, ou melhor, como mão de obra pesada e barata, que podem ser descartadas e substituídas como mera peça de reposição, nascidos para servir e se ajoelhar perante seu "Senhor". Não é mais um discurso patrocinado pelo vitimismo e propagado pela auto piedade, é tão somente a realidade de milhares de brasileiros. Por outro lado não podemos nos esquecer que as principais facções criminosas do Brasil nasceram como resposta a violência praticada pelo Estado. O exército brasileiro por sua vez, nunca engoliu a perda de monopólio no comércio ilegal de armas e drogas. Durante os primeiros vinte anos da ditadura, imperou sozinho, num consórcio realizado com países vizinhos e os Estados Unidos. Sua aproximação e presença nas comunidades será fundamental para a retomada de seus escusos negócios. Como diria aquele velho ditado: o buraco é mais embaixo. A legitimação do golpe e a presença ostensiva das forças armadas nos faz ligar o sinal de alerta, afinal vários direitos foram conquistados com o sangue e vida de nossos irmãos, entre eles a liberdade de imprensa e expressão, sem citar o nascimento da democracia e o direito ao voto. A educação sempre será o caminho. Por mais que seja um discurso surrado e batido, fruto do idealismo ingênuo e romântico de seus precursores, não existe outro meio para evoluirmos e avançarmos com inteligência e sabedoria rumo ao tão sonhado e desejado progresso. A polarização do discurso e a ausência de debate, visivelmente marcada pela dificuldade de dialogarmos com quem pensa diferente de nós, é um desafio a ser vencido, caso tivermos realmente interessados em construir um sentimento e sentido de unidade.    
 

milhares de pessoas 
jazem na ignorância
na era dos extremos 
respirando intolerância
meus sonhos de criança
no chão despedaçado 
esperava ser feliz
despertei do outro lado
que mundo bizarro
pra quê tanta informação
na ausência de saber 
apelo pra distração
neste mundo de ilusão
vivemos de aparência
ninguém se arrepende pelo ato
mas sim pelas consequências
onde está a inocência 
me diz quem foi enganado
quantos se fazem de vítimas
sabendo ser culpados 
não estou preocupado
em sanar a injustiça
se Deus nos deu um fardo
da cobra nos deu malícia

Roubaram nossos sonhos
Disseminaram fracassos
arquitetos do universo
controlando nossos atos

ousadia de quem pensa
além da dualidade
se sou bem não sou mal
busco fazer minha parte

se é direita é coxinha
se é esquerda é petralha
e assim nos dividimos
caímos numa cilada

retiraram o prazer
de todo aprendizado
avaliam o conteúdo 
estudam por resultado

se tivessem sido
de fato alfabetizados
devorariam vários livros
como acendem baseados 

repensariam seus atos
talvez voltassem pra escola
mas procurariam em si mesmos
a chave de muitas respostas

sem pensar nas notas
no castigo aplicado
que importa ser o primeiro
ou último classificado



A cúpula do jogo do bicho no Rio de Janeiro sempre esteve preocupada em perpetuar seu poder através de um laço consanguíneo e familiar, cuja estrutura pudesse ser aceita e mantida sem nenhum tipo de questionamento ou constrangimento jurídico e legal, ético e moral. Forjado e estabelecido por uma complexa teia social, cujos fios são sutilmente entrelaçados, sua existência e sobrevivência durante todos estes anos se deve a sua perspicaz astúcia na arte de manipular dados, cifras e consciências, além de sua alta aceitação social entre as pessoas de baixo estudo e renda. Seus acordos, no mais das vezes, são políticos e diplomáticos, sem uso da violência, e vão desde o pagamento de propina a policiais até desembargadores da suprema corte. Assim como na máfia italiana, as brigas e intrigas mais sérias e sangrentas se dão no seio das próprias famílias que guerreiam entre si na tentativa de aumentar e expandir seu poder e império. Os capos do estado do Rio de Janeiro durante muitos anos, principalmente no regime militar quando eram responsáveis por nutrir e acomodar vários coronéis e generais em sua folha de pagamento, não tinham experienciado a concorrência com membros e representantes legais do estado: a polícia carioca. Se por um lado o tráfico de drogas é responsável por gerir e gerar, mensalmente, números que ultrapassam a casa dos seis dígitos, por outro, o bicho, além de ser uma atividade ilícita altamente lucrativa e rentável, permite ao contraventor ter uma vida social ativa e invejável, com direito a camarote nas principais escolas de samba e presença constante nos melhores hotéis, restaurantes e boates da cidade. Apesar de viverem na ilegalidade, de forma clandestina e mafiosa, são defendidos e aclamados, temidos e respeitados nas periferias e subúrbios do Rio. O povo brasileiro absorveu o jogo de tal forma, que não seria errôneo dizer que já se tornou um problema cultural, muito além do social. O jogo do bicho atravessa gerações e o dinheiro é facilmente lavado na compra de fazendas e gado, motéis e restaurantes, frotas de táxi até de lanchas e aviões. A justiça brasileira faz vista grossa e sempre que surge um policial ou juiz honesto, o mesmo passa a ser rigorosamente observado. Se possui algum desvio de comportamento que possa comprometer a sua reputação o mesmo é utilizado como forma de suborno e ameaça. Quando não, tem decretada sua morte. O Brasil definitivamente não é um país para iniciantes. A receita do bicho além de movimentar milhões é responsável pelo acréscimo salarial de vários representantes do estado que enxergam na corrupção um excelente meio de proporcionar um alto estilo de vida, bem acima dos padrões, para seus entes queridos e familiares. Para quem passa a vida defendendo os interesses de quem está rendido confortável no sofá de sua mansão por um salário irrisório, não é difícil ceder a esta tentação. Mas cabe aos contraventores a defesa do seu espaço e território, e para isso, necessitam de pessoas, armas e dinheiro. Quando um capo morre, geralmente outro assume, e este acréscimo de poder concedido a um membro, além de despertar a inveja e cobiça dos consorciados, passa a fomentar o ódio e as conspirações. É muito comum, nestes momentos, os chefes se aproveitarem da fragilidade dos familiares e proporem concessões em regime de benefício mútuo ou simplesmente se atacarem. Quando isto acontece, florescem cadáveres pelas ruas e becos, esquinas e vielas do Rio de Janeiro. O poder do bicho é grande e não deve ser subestimado. Em sua intrincada estrutura existem matadores e advogados, contadores e magistrados, policiais e o próprio estado, na figura de políticos: ministros, governadores, senadores e deputados, etc. Vários tiveram sua campanha financiada por famigerados bicheiros e ninguém estima a quê preço. A contravenção no Rio é regra e nunca a exceção.

O caminho do auto conhecimento é permeado de dúvidas, angústias e incertezas, assim como medos, conflitos e dissensões. Por qual caminho seguir? O que devemos fazer para melhor nos conhecer? Em qual área da minha vida desejo me aprimorar? Por qual motivo devo buscar a mudança? Qual a distância que existe entre aquilo que sou e o que desejo ser? Consigo expressar de forma verdadeira, autêntica e original meu eu? Ou será que estou sendo guiado e dirigido pelos apelos imediatos e ilusórios do ego cuja máscara, imposta pela sociedade ou pela própria família, acaba por sufocar, ocultar e reprimir nossos mais íntimos anseios e sentimentos? Se desejamos a mudança simplesmente para agradar ou se adequar as expectativas de alguém, com certeza iremos nos deparar com a frustração e a ansiedade: inimigas número um de nossa paz e harmonia interior. Viver uma vida em função das expectativas alheias, além de ser  desgastante, desnecessário e prejudicial, nos desconecta com o divino em nós. As correntes do universo necessitam de canais honestos e abertos para poderem expressar sua beleza em toda sua amplitude e exatidão. Nada ocorre por acaso e cada dia se apresenta como a mais bela oportunidade de desfazermos e descartamos desde coisas e objetos, até pensamentos, sentimentos e ideias, assim como pessoas, hábitos e lugares. Como iremos nos transformar em agentes da própria mudança alimentando-nos  das mesmas ideias e crenças, pensamentos e sensações? É necessário reconstruir a matriz mental. Através das experiências e ocorrências do cotidiano acumulamos, com o tempo, uma quota de conhecimentos e informações, que podem impedir ou alavancar nossa própria evolução e progresso. As crenças negativas e derrotistas absorvidas durante a adolescência e a infância podem estar ressoando, até hoje, na vida adulta. Não é uma tarefa fácil se olhar no espelho da própria consciência. Exige esforço e vontade, sobretudo honestidade. Ninguém gosta de admitir e aceitar a existência em si mesmo de um grave defeito moral. Todos gostaríamos de ser contemplados sob uma ótica positiva, em que nossas virtudes e qualidades pudessem ser sempre realçadas e reiteradas. Porém devemos aceitar o fato de que nem sempre somos a pessoa que gostaríamos de ser e que por algumas vezes, uns mais outros menos, fomos capazes de machucar e ferir, de forma inconsciente ou não, as pessoas que mais nos amam e amamos. Refletir diariamente sobre os atos e fatos do cotidiano nos permite visualizar com mais facilidade e clareza o que podemos e devemos mudar em nós. Este inventário é extremamente importante e necessário para quem está disposto a se aventurar em busca do eu. Um dia iremos perceber que somos totalmente responsáveis por tudo que acontece em nossas vidas. Tomara que possamos nos alegrar com nossas próprias escolhas. Por hoje é isso. Abraços fraternos.

Correndo altos riscos
cataliso a esperança
como já estava previsto
tenho sede de mudança

neste mundo atrasado
minha mente persevera
sublimando os instintos
inauguro nova era

entre homens primatas
afloram psicopatas
lobos se vestem de ovelhas
para manter a ordem intacta

pessoas são guiadas  
por ideias atrasadas
que mil vezes repetidas
parecem verdades dadas 

o amor se declara
impotente perante o ódio
milhares jazem na miséria
outros correm atrás do pódio

Não estou habituado
a velar por sua mentira 
se a verdade fosse boa
mil vezes seria dita 

sem nenhum subterfúgio
máscaras e anestesias 
drogas podem lhe dar asas
mas também lhe tiram a vida 

nada que não saiba 
e já não tenha ouvido
repito velhos ditados 
ignoro novos hinos 

na era dos extremos 
das opiniões contrárias
várias "ideias progressistas"
se revelam atrasadas

Total de visualizações de página

GINO RIBAS MENEGHITTI

Admiro todas as pessoas que ousam pensar por si mesmas.

Blog Archive

Posts mais Lidos e Visualizados

Frases de Albert Einstein

A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original.

O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário.

A imaginação é mais importante que o conhecimento.

Se A é o sucesso, então A é igual a X mais Y mais Z. O trabalho é X; Y é o lazer; e Z é manter a boca fechada.

Follow by Email

Translate

Google+ Followers